Slider

Vídeos

Notícias

Ministérios

Artigos

Formação e Espiritualidade

RCC Bahia

RCC Brasil

» » » » » O que as aparições de Nossa Senhora de Fátima dizem ao mundo hoje

Maio é o mês que a Igreja dedica à Nossa Senhora, tempo de cultivar especiais manifestações de piedade à Virgem Maria. Maio também não nos deixa esquecer as aparições de Nossa Senhora em Fátima, cujas mensagens se mostram um verdadeiro chamado à santidade!
Ainda hoje muitos se perguntam: será verdade que Maria veio a nós? Relata a bíblia que Deus precede suas grandes intervenções na história da humanidade com numerosos e variados sinais, serve-se com frequência, de homens para transmitir suas advertências, ou anunciar acontecimentos futuros. Assim foi em relação à vinda de Jesus, a magnitude do fato exigia longa e cuidadosa preparação, em torno do qual gira a história dos homens. Fátima se inclui no mesmo direcionamento.
A palavra de Deus dá base e assegura: quanto mais importante o acontecimento previsto, maior a grandeza dos sinais que o precedem, a autoridade dos profetas que o anunciam e o tempo de espera. Deus, sabiamente, no trato com os homens, se pauta por determinadas regras e raramente abre exceções.As mensagens de Fátima estiveram relacionadas com o momento sociocultural, histórico e político. Problemas econômicos, crise na saúde, o medo das ameaças de guerra, um processo de descristianização da sociedade, o anticlericalismo, o avanço do comunismo e a destruição da família, dão conta que já naquele tempo a situação era altamente calamitosa. É, propositadamente viva para os dias de hoje!
A Virgem em 1917 falou de um futuro sombrio, inclusive os grandes problemas atuais e não falou apenas à Portugal. Exortou todos os homens a oração, a penitência, a conversão de vida! Com insistência materna dirigiu à humanidade um apelo, hoje mais atual do que nunca: “Rezem o terço todos os dias para alcançar a paz para o mundo e o fim da guerra”. Sua mensagem é um sinal de esperança para um mundo destruído pelo confronto e pela discórdia. O pecado hoje, não se considera pecado. O matrimonio, a família e seus fundamentos, a verdade sobre a relação entre o homem e a mulher feitos a imagem e semelhança de Deus, que importância hoje o mundo dá a esta verdade? Irmã Lúcia escreveu em carta ao Cardeal Caffarra: "O confronto final entre o Senhor e o reino de Satanás será sobre a família e sobre o matrimônio".
Tem saída para a crise moral na qual a humanidade hoje está imersa? O que Fátima tem a ver com a Revolução Russa e as duas guerras mundiais? Por que João Paulo II não morreu assassinado? Poderia a mensagem de Fátima nos dar chaves sobre o nosso futuro? Não se pode negar os efeitos de Fátima, o colapso do Império Soviético, também toda uma cadeia de coincidências que ligam os pedidos e as previsões da Virgem para o século XX e a esta parte do séculoXXI. A revolução comunista e a expansão dos erros da Rússia, com os quais sofremos ainda hoje: Coréia do Norte ou a Venezuela são exemplos. Foi profetizada a Segunda Guerra Mundial, o ataque a João Paulo II, a previsão da Terceira Guerra Mundial, que poderia ter sido nuclear, e evitada pois o Papa fez a Consagração ao Imaculado Coração de Maria.
Hoje, como a 102 anos atrás a resposta é a mesma: arrependimento dos pecados e obedecer à vontade de Deus. A renovação espiritual e conversão contínua, a luta pela santidade na mortificação dos sentidos, o jejum, torna a oração fervorosa, dá força interior para resistir ao pecado e ao desapego de preocupações mundanas, liberta o coração de vaidades terrena. A busca da santidade proporciona clareza de pensamento e o discernimento do que é sagrado e o que não é. Um verdadeiro chamado à santidade!
"Não ofendam mais a Deus Nosso Senhor que já está muito ofendido".
Maria Ocilene Ferreira Rodrigues
Grupo de Oração Raizes de Jessé
Coordenadora Estadual da RCC Amazonas

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga